HSERPA

"Para nos iluminarmos não precisamos apagar o brilho dos outros"

Textos

O AMOR QUE TU ANSEIAS

O amor que tu anseias
O amor que se inflama
O verdadeiro com raiz
Só aparece no cultivo,
No trato sereno do dia

É como a rara orquidea
Não pense que é paixão
Essa é uma mera ilusão
Não serve como padrão

O amor hoje só com lupa 
Por isso raro e nada dura
A não ser alguns verões
Quiçá invernos outrossim 

Mas na procura às vezes
O descobrimos bem ali
Em algum certo cantinho
Ali dentro da nossa alma

Pois o que hoje se planta
Já disse quem era amor
Volta sempre redobrado
Então prepare o respaldo

Pois só em solo que já fértil
Ele nasce feito a borbotões 
Não é na aridez de deserto
Que ele vai um dia aparecer

'A felicidade provém do íntimo,daquilo que o Ser humano sente dentro de sí mesmo' - Roselis V. Sass  (
graal.org.br)

 
HAMILTON SERPA
Enviado por HAMILTON SERPA em 04/03/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras