HSERPA

"Para nos iluminarmos não precisamos apagar o brilho dos outros"

Textos

AS ROSEIRAS DO AMOR

Se nossos pensamentos flutuarem leves
Com eles nos aportarão rios de alegrias
E qual diques nos elevarão os patamares
Que nos darão amplitude para nova visão 

Peguemos a nossa vida nas mãos
Calcados com os pés firmes no chão  
Ta no fortalecimento da nossa mente 
A nova vida de paz que ora ansiamos

Liberdade genuína só sentimos na alma
Portanto livremos dela todo mau grilhão
O sentir livre nos trarão plenitude no ser

E este se fortalece quando damos vazão
E ai no novo vento o deixemos nos elevar

Está conosco a chave do nosso coração
Do peito que quer se sentir apaziguado
Alcear voos feito qual pássaro agora livre  
Que viaja pelo universo com chamados
Que ouvidos nos trazem amores triplicados

Os dormentes das magoas abandonadas
Faz-no sentir flutuar iguais balões sem peso
E os perdões dados qual sementeira na terra
Tiram de nós o espinho e faz nascer as roseiras

‘A felicidade provém do íntimo, daquilo que o Ser humano sente dentro de si mesmo’ - Roselis Von Sass
(graal.org.br)

 
HAMILTON SERPA
Enviado por HAMILTON SERPA em 01/03/2019
Alterado em 22/03/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras