HSERPA

"Para nos iluminarmos não precisamos apagar o brilho dos outros"

Textos

A VIDA............................... (20)

De onde vim sou conhecedor
Como estou sei que melhor
Caminho a trilha escolhida
Sigo a sina estabelecida
Desvencilhando os nós
Do tempo da minha vida
Que da soma sou resultado

Do relógio sou o segundo
Da vida sou o dia
Do minuto sou a hora
Da hora sou o mês
No tic sou só ponteiro
No tac sou o ano
No calendário sou a data
Na vida o decênio
E o calendário vai e vem
Para muitos ele fica
para outros se mantém

Quero no final
A luz do Saber
Sendo mestre no ouvir
Feliz no sorrir
E ter no peito a criança
Que todo mal conheceu...
...que toda velhice sentiu
Mas que das vivências optou
pelas da alegria a infantilidade
e pelas da eternidade o amor

“As palavras que formais, as frases, moldam vosso destino exterior sobre a Terra. São como sementeiras num jardim que cultivais em redor de vós, pois cada palavra humana pertence ao mais vivo que vós podeis fazer em vosso favor nesta Criação.” Abdruschin, Na Luz da Verdade, www.graal.org.br
HAMILTON SERPA
Enviado por HAMILTON SERPA em 18/11/2018
Alterado em 15/05/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras