HSERPA

"Para nos iluminarmos não precisamos apagar o brilho dos outros"

Textos

CAIU NA REDE É PEIXE EEO

E saíram do baile de carnaval cantando: “Caiu na rede é peixe eeô, o santos vai golear” , o seu amigo era da cidade de Santos, e criado também em beiras de cais como ele, por isso se deram tão bem, quando parou aquele carro e saiu aquele cabeludo imitando um gingado de malandro e foi logo dizendo:

“Do que é que vocês estão rindo ai?”

Ele tinha notado o cara no baile devido ao cabelo, mas não tinha dado pelota, pois a época de cabeludos, para ele e seu amigo, já tinha terminado fazia tempo, e quando ser cabeludo ainda era ser um cara mal visto.

Mas o cara foi intimando e ele falou

“Ô cara não estamos rindo de nada, é só palhaçada nossa, estamos indo embora numa boa.” E o cara entrou no carro, deu partida e eles não conseguiram se aguentar e caíram no riso novamente, agora do inusitado, e eis que o cara para o carro de novo:

"Ô cara, que que é isso, disse ele, deixa disso, não tem nada a ver, só estamos rindo aqui", ele já tinha aprendido a resolver situações bem mais difíceis do que essa antes.

E o cara entrou novamente no carro e ai eles não aguentaram mais e caíram mesmo numa gargalhada incontida, e mesmo se o cara tivesse parado de volta não conseguiriam mais se controlar e poderiam até apanhar, coisa que provavelmente não aconteceria, mas apanhariam sem conseguir parar de rir, mas o cara foi mais esperto e, acelerando o carro ruidosamente,  foi embora.

Devia estar com uma autoestima ruim, mas mesmo assim, ele sentiu pena do cara.


"Não é o lugar em que nos encontramos nem as exterioridades que tornam as pessoas felizes, a felicidade provém do íntimo, daquilo que o ser humano sente dentro de si mesmo” Roselis von Sass – www.graal.org.br

 
HSerpa
Enviado por HSerpa em 23/09/2016
Alterado em 14/10/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras